Nevoeiro foi barrado e não concorre mais as eleições

Em julgamento realizado na noite desta quinta-feira (20), o Tribunal Superior Eleitoral rejeitou recurso apresentado pelo então candidato a prefeito de Rio Claro, Nevoeiro Júnior.
Nevoeiro já havia tido seu registro de candidatura indeferido tanto pela Justiça Eleitoral local como pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em São Paulo.
O ex-prefeito contratou dez renomados advogados e partiu para a última instância. Na sequência, você acompanha a sentença do julgamento (que terminou por volta das 20h de quinta). O texto já está nas páginas do TSE, na página http://www.tse.jus.br/servicos-judiciais/sessoes-de-julgamento.
Decisão: O Tribunal, por maioria, desproveu o recurso, nos termos do voto do Relator. Vencido o Ministro Marco Aurélio. Votaram com o Relator a Ministra Luciana Lóssio e os Ministros Dias Toffoli, Nancy Andrighi, Laurita Vaz e Cármen Lúcia (presidente). Falaram: pelo recorrente, o Dr. Eduardo Alckmin e, pelo Ministério Público Eleitoral a Dra Sandra Cureau. Acórdão publicado em sessão”.
E agora?
Informações extra-oficiais dão conta de que já estava agendada uma reunião para a noite desta quinta-feira (20), entre lideranças do DEM e do PTB, para definir qual será o rumo tomado pela coligação – a partir da decisão do TSE.
Estariam sendo trabalhadas duas possibilidades.  A primeira delas seria Aldo Demarchi e Candinha substituirem Nevoeiro e Tu Reginato. Na segunda,  o deputado entraria na disputa para tentar se eleger prefeito e Tu seria mantido como vice.

Portal Agora Rio Claro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Kauan Alves é o primeiro rioclarense a receber o selo RenovaBR

A Lei de Responsabilidade Fiscal

[TUTORIAL] Como favoritar um vídeo no Youtube