Haddad chama proposta de Serra de "cópia mal feita"


(Foto: Debate SBT/UOL)


O debate sobre transporte público em São Paulo voltou à cena nestes últimas dias de campanha após o candidato do PSDB, José Serra, lançar na quarta-feira a proposta de ampliar os benefícios do Bilhete Único. A ideia do tucano foi chamada na quinta-feira, 25, pelo adversário Fernando Haddad (PT) de "uma cópia malfeita" do seu projeto de criar o Bilhete Único Mensal. Já Serra diz que o petista tem "inveja" de seu plano.
Ainda no 1.º turno, Serra dirigiu suas críticas ao Bilhete Único Mensal de Haddad. Entre outras acusações, chamou o projeto de "bilhete mensaleiro" - referência ao julgamento do mensalão - e disse que a proposta seria uma espécie de "nova taxa" do PT.
Estratégia. A campanha de Serra prepara uma força-tarefa para reforçar a divulgação da proposta de ampliação do Bilhete Único. Os tucanos já começaram a apresentar o projeto na TV e vão imprimir milhares de panfletos que serão distribuídos. A equipe do PSDB também incluiu o tema em sua campanha de telemarketing, que vai disparar 1 milhão de panfletos até domingo.
O PSDB pretende manter o debate sobre as parcerias entre entidades privadas e a rede de saúde. Cabos eleitorais da campanha tucana passaram a entregar, nas portas de hospitais e de unidades de Atendimento Médico Ambulatorial (AMA), panfletos que acusam o PT de querer encerrar os contratos com organizações sociais.

Reprodução da notícia publicada no site MSN. Créditos totais a MSN.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Kauan Alves é o primeiro rioclarense a receber o selo RenovaBR

A Lei de Responsabilidade Fiscal

[TUTORIAL] Como favoritar um vídeo no Youtube